Informações ao Paciente

Fraturas por Estresse

Os ossos são estruturas muito resistentes, mas podem sofrer, por uso repetitivo exagerado, uma lesão chamada de Fratura de Estresse.

Todo material, seja uma barra de aço, uma caneta de plástico, ou um osso do nosso corpo, está sugeito a uma situação chamada de fadiga dos materiais.

Quando a carga é exagerada, e a repetição é prolongada, o material fadiga e ocorrem fissuras nele.

Em uma barra de aço, ou em um clip de metal, ele acaba por fraturar totalmente.

Nos ossos do nosso corpo, existe um processo de cicatrização que vai acontecendo durante a lesão, isso envolve inflamação, que provoca dor e inchaço.

Corrida de longa distância, uso de saltos muito altos e esportes de competição são as causas mais comuns.

Alguns exames podes ser solicitados, mas não são obrigatórios.

O tratamento geralmente é feito sem cirurgia, com a diminuição da atividade causadora da lesão.


Buscar

Arquivos

Perguntas Frequentes

  • O que significa ter o Pé “cavo” ou o Pé “plano”?

    O pé é caracterizado anatomicamente pela presença de um arco na sua face interna. Este arco pode apresentar-se alto, normal ou baixo. Isso depende basicamente de características genéticas do paciente.
    Quando o arco aparentar ser alto demais, o pé é caracterizado como Pé Cavo. O contrario, quando o arco estiver baixo, ou até inexistente, é chamado de Pé Plano (ou Pé Chato, como é popularmente conhecido).


    Imagem mostrando pé cavo (esquerda), normal (centro) e plano (direita)

    Não podemos afirmar que a simples característica de pé Cavo ou Plano seja um problema de saúde. Uma parcela significativa da população apresenta pés cavos ou planos sem que nunca desenvolva sintoma qualquer.
    Mas alguns pacientes com o pé exageradamente plano ou cavo sentem dor, desequilíbrio ou calosidades. Nestes casos, o médico faz uma avaliação completa, com o auxilio de exames como Raio X, Tomografia Computadorizada ou Ressonância Magnética, determina a causa e prescreve o tratamento.
    Quanto ao tratamento, pode ser realizado com o auxilio de palmilhas, fisioterapia e, por vezes com uma técnica especial de cirurgia.

  • O que é um entorse do tornozelo?

    Entende-se por entorse como sendo o movimento além dos limites fisiológicos em uma determinada articulação.
    O movimento do tornozelo, por exemplo, é realizado principalmente no sentido ântero-posterior, ou seja, para a frente e para trás.
    O movimento lateral é limitado por dois motivos: a presença de ligamentos, que são estruturas como cordas muito resistentes e o formato dos ossos que formam o tornozelo.

    Vista lateral dos ligamentos do tornozelo

    Quando o movimento é forçado a ocorrer para um dos lados, para dentro ou para fora, os ossos e os ligamentos do tornozelo são forçados, e podem sofrer estiramentos, rupturas e até mesmo fraturas.

Veja todas